Quem somos

Não Somos Irmãos é um duo de indie/folk/pop baseado na cidade de Belo Horizonte (MG), formado em janeiro de 2019 pelo casal de cantores-compositores e instrumentistas Beto Maia e Jimmy Andrade.

O duo surgiu quando o casal percebeu que suas vozes se encaixam e que suas canções em conjunto funcionam bem, após participações de Beto em dois shows de Jimmy Andrade. Um deles, em comemoração a seus 10 anos de carreira.

Ainda no mesmo mês, no dia 31 de janeiro de 2019, fizeram sua primeira apresentação, na 41ª edição do concurso Sessões Autênticas (na casa de shows A Autêntica, em BH), que deu ao duo o 2º lugar e a Menção Honrosa.

Suas canções são sempre acompanhadas de violão e, algumas vezes de ukulele, teclado e meia-lua. Entre as influências, o lado country-folk-pop de Vance Joy, The Lumineers, Of Monsters and Men, Phillip Phillips, Sheppard, Edward Sharpe & The Magnetic Zeros e The Bergamot; e o lado pop+MPB de Johnny Hooker, Liniker, Rubel e Francisco el Hombre.

O duo já tem, seu canal do YouTube, versões de "Valerie", de Amy Winehouse, e "Flutua", de Johnny Hooker e Liniker, além de "O Crime", escrita por Jimmy Andrade. Em abril, o duo lança sua versão para "Zero", de Liniker, e sua primeira canção autoral, "Triângulo Perfeito". Ambos os lançamentos têm a colaboração do produtor musical e multiinstrumentista Luã Linhares (frontman da Suspense Band e tecladista da Nem Secos).

"Não Somos Irmãos" foi atração-surpresa da festa PFVR, realizada pela @bsurda. Além disso, o duo participou de um ensaio nu pelo projeto Other Colours, de Janssem Cardoso. Agora, segue com apresentações aguardadas em Belo Horizonte (MG) e Vespasiano (MG).

Além de namorados, cantores, compositores e instrumentistas, Beto e Jimmy são desenvolvedores de software e palestrantes. Além disso, Beto Maia é paratleta de voleibol sentado, uma modalidade paralímpica de vôlei. Nas suas palestras, o casal fala sobre acessibilidade e diversidade, e sobre como a tecnologia pode ajudar a criar produtos melhores para todas as pessoas.

Por causa de seu compromisso com acessibilidade, os vídeos do duo no YouTube são legendados, e o website é desenvolvido com foco em acessibilidade para pessoas com baixa ou nenhuma visão.